Para Vovó com carinho =) 90 anos, uma lição de vida

Publicado abril 24, 2012 por Elzira Carneiro

Hoje o meu Blog é totalmente dedicado a uma pessoa muito importante e especial….Uma pessoa muito querida, exemplo de vida pra todos nós. A minha vozinha Geracyna, ou para os mais chegados, simplesmente D. Gecy.

Nossa Matriarca está fazendo 90 anos, com muita saúde e cheia de vida.  Não poderia deixar de homenageá-la nessa data tão linda. Ela que é mãe, avó, bisavó e agora tataravó ,sempre nos encheu de alegria. Uma mulher forte, simples, corajosa, religiosa entre outras qualidades. Essa é a minha vó Gecy, meu amor, minha amiga, conselheira. A pessoa que me fez gostar de ler, de bordar…quantas coisas passamos juntas. Quantos passeios no shopping o dia inteiro só pra comprar sapatos(ela sempre diz que está sem sapato e precisa comprar, rsrsrs), quantas idas ao salão(ela adora), quantas almoços no Arabian Grill(restaurante que ela mais gosta), quantas idas a médicos…São momentos que, me desculpem os primos, mas que só eu tive o prazer de viver.

Só Deus sabe o quanto eu gostaria de poder participar dessa comemoração, mas infelizmente nem tudo é possível. Então aqui vai a minha homenagem a pessoa mais incrível e linda que já conhecí na vida. A quem tenho todo respeito do mundo e admiração também.

Vó, Feliz Aniversário….Muita saúde, paz, amor e muitos anos de vida ao nosso lado….obrigada por tudo. Você é nosso orgulho, nosso amor maior, nossa vovó linda, fofa, querida, amada…. TE AMO VÓ GECY…. FELICIDADES NOS SEUS 90 ANOS =)

Estou longe, mas meu coração está perto da Senhora….

Dia Internacional da Mulher

Publicado março 8, 2012 por Elzira Carneiro

Depois de alguns meses sem escrever, estou voltando aos poucos…Nada melhor do que voltar em uma data especial. O meu dia,o dia das mulheres.

 

Claro q considero todos os dias o nosso dia,mas já q é pra comemorar, vamos lá =)

Mulherada, a cada dia que passa conquistamos mais e mais o nosso espaço. Me orgulho muito de tudo o q tem acontecido.

 

Parabéns pra nós, Mulheres guerreiras,lutadoras, decididas e que jamais baixam a cabeça.

Fiquem com esse texto perfeito da Martha Medeiros….eu lí e me encontrei nele. Espero que gostem…vou postando alguns textos legais diariamente… bjos

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER

Mulher Boazinha

Qual o elogio que uma mulher adora receber?
Bom, se você está com tempo, pode-se listar aqui uns setecentos:
mulher adora que verbalizem seus atributos, sejam eles físicos ou morais.
Diga que ela é uma mulher inteligente, e ela irá com a sua cara.
Diga que ela tem um ótimo caráter e um corpo que é uma provocação,
e ela decorará o seu número.
Fale do seu olhar, da sua pele, do seu sorriso, da sua presença de espírito,
da sua aura de mistério, de como ela tem classe:
ela achará você muito observador e lhe dará uma cópia da chave de casa.
Mas não pense que o jogo está ganho: manter o cargo vai depender da sua
perspicácia para encontrar novas qualidades nessa mulher poderosa, absoluta.
Diga que ela cozinha melhor que a sua mãe,
que ela tem uma voz que faz você pensar obscenidades,
que ela é um avião no mundo dos negócios.
Fale sobre sua competência, seu senso de oportunidade,
seu bom gosto musical.
Agora quer ver o mundo cair?
Diga que ela é muito boazinha.
Descreva aí uma mulher boazinha.
Voz fina, roupas pastel, calçados rente ao chão.
Aceita encomendas de doces, contribui para a igreja,
cuida dos sobrinhos nos finais de semana.
Disponível, serena, previsível, nunca foi vista negando um favor.
Nunca teve um chilique.
Nunca colocou os pés num show de rock.
É queridinha.
Pequeninha.
Educadinha.
Enfim, uma mulher boazinha.
Fomos boazinhas por séculos.
Engolíamos tudo e fingíamos não ver nada, ceguinhas.
Vivíamos no nosso mundinho, rodeadas de panelinhas e nenezinhos.
A vida feminina era esse frege: bordados, paredes brancas,
crucifixo em cima da cama, tudo certinho.
Passamos um tempão assim, comportadinhas, enquanto íamos alimentando um
desejo incontrolável de virar a mesa.
Quietinhas, mas inquietas.
Até que chegou o dia em que deixamos de ser as coitadinhas.
Ninguém mais fala em namoradinhas do Brasil: somos atrizes,
estrelas, profissionais.
Adolescentes não são mais brotinhos: são garotas da geração teen.
Ser chamada de patricinha é ofensa mortal.
Pitchulinha é coisa de retardada.
Quem gosta de diminutivos, definha.
Ser boazinha não tem nada a ver com ser generosa.
Ser boa é bom, ser boazinha é péssimo.
As boazinhas não têm defeitos.
Não têm atitude.
Conformam-se com a coadjuvância.
PH neutro.
Ser chamada de boazinha, mesmo com a melhor das intenções,
é o pior dos desaforos.
Mulheres bacanas, complicadas, batalhadoras, persistentes, ciumentas,
apressadas, é isso que somos hoje.
Merecemos adjetivos velozes, produtivos, enigmáticos.
As “inhas” não moram mais aqui.
Foram para o espaço, sozinhas.

Martha Medeiros

 

Feliz Aniversário Lu…. =)

Publicado julho 7, 2011 por Elzira Carneiro

Falar de Luciano Nassyn é sempre muito bom e emocionante,pois ao mesmo tempo que falo como fã,falo tb como amiga. Conhecê-lo ano passado em São Paulo foi um dos maiores presentes que ganhei. Jamais vou esquecer nosso primeiro encontro, eu super nervosa,tremendo muito e com a maior cara de fã enlouquecida..hehehehe. Qdo ele me viu,fez a maior festa e superou minhas expectativas. Mesmo tendo contato pela net e sabendo o qto ele é especial, vê-lo alí na minha frente tão querido, educado, simples,brincalhão,carinhoso,atencioso só me fez ter mais carinho e admiração pelo cantor e pela pessoa.

Tenho o maior orgulho do Mundo por ter a amizade desse Ser tão iluminado q é o Lu. Sua energia nos contagia de uma maneira inexplicável. É impossível ficar triste ao seu lado. Ele sempre tem uma palavra amiga, está do nosso lado,mesmo de longe.

Mas hoje é um dia muito especial….. Nosso Amado Luciano faz aniversário.Parece que os anos não passam pra ele, sempre com uma carinha de menino tão lindo. Queria tanto poder dar um abraço,mas tô longe. Então resolví fazer essa pequena homenagem a vc meu amigo. Muita saúde, paz, amor e sucesso sempre. Que Deus continue abençoando o seu caminho de luz. Energia positiva Primo!!!! Tudo de melhor pra vc,pois sei que mereces. Que hoje seja só o começo de coisas maravilhosas que estão por vir pra vc. Muita LUZ….

Obrigada pelo seu carinho,sua amizade, atenção e dedicação a todos nós. Somos seus fãs e amigos e te amamos muito. Parabéns Luciano…Felicidades Primo

Com carinho,

da sua Prima Bozolina =)

Beijos de LUZ Primoooooooo….

SOU BALZAQUIANA SIM, E DAÍ ?

Publicado julho 3, 2011 por Elzira Carneiro

 

Nunca fui ligada nessas coisas de idade, pelo contrário, sempre fui bem tranquila e resolvida em relação a isso. Não tive loucura para chegar aos 15, muito menos aos 18 anos. Viví cada momento intensamente e com muita alegria. Cheguei aos 20 e continuei sem me importar, mas quando fiz 25 anos percebí uma certa preocupação com a proximidade dos 30. No começo não era tão forte assim, mas os anos foram passando e de repente, hj sou “Balzaquiana”…. não adianta dizer q as mulheres não se preoculpam com a idade. Isso é mentira pq nos preoculpamos sim. Algumas um pouco mais, outras um pouco menos. O fato é q chegando aos 30 muita coisa passa por nossa cabeça. Tantos questionamentos e até algumas respostas pra muitas dúvidas q tínhamos há alguns anos atrás. Confesso q tinha um pouco de medo desse termo “Mulher Balzaquiana”. Mas qdo parei pra pesquisar a respeito comecei a entender e gostei muito de tudo o q lí.

O termo vem de um escritor francês do século XIX chamado Honoré de Balzac, autor do livro “A mulher de 30 anos”. Essa obra fez tanto sucesso q acabou surgindo a expressão “Mulheres Balzaquianas”. Balzac valorizou todos os aspectos da mulher madura, defendendo e discutindo várias questões como o direito de ser feliz, seus deveres, suas experiências. Como era de se esperar, o livro causou um grande escândalo na época, devido as convenções sociais. Mas tb conquistou muitas pessoas, principalmente a mulherada. Para a sociedade, há alguns anos atrás, ter 30 anos significava que ou vc teria que casar e ser dona de casa ou, se não tinha namorado, seria solteirona e infeliz. Mas hj a história é bem diferente. Esse perfil não existe mais. A mulher dos dias atuais é independente, não pensa em casar cedo, busca sucesso profissional, cuida da saúde e da beleza mantendo sua feminilidade por muito mais tempo. Depois de entender melhor essa expressão o medo passou. 30 anos é a idade da maturidade. Hj me sinto, mais madura, mais certa do q quero, sem neuras, bem mais tranquila e com muita vontade de viver mais e mais. Posso dizer q passei por experiências q jamais imaginei, mas q hj olho pra todas elas e sinto q cada uma serviu para construir a “Elzira” que sou agora. Não tenho arrependimentos por algo q não fiz. Sempre busquei passar por tudo q precisava passar. Viver cada instante, cada situação e mesmo quebrando a cara algumas vezes, sempre conseguí levantar e sacudir a poeira. Sou muito feliz por isso.

Me vejo hj como uma pessoa q tem sede de vida e só quer ser feliz, amar e ser amada. Sou Balzaquiana com muito orgulho de tudo o q viví e o q ainda vou viver. Obrigada meu Deus por mais um ano de vida com saúde e rodeada de pessoas do bem. Obrigada pela família linda q tenho, pelos amigos verdadeiros q são poucos e raros. Obrigada por cada amor e cada paixão q viví. Obrigada por cada sorriso, por cada lágrima… sei q nada acontece por acaso. Tudo tem um porquê. Obrigada por cada aprendizado ao longo da minha vida. Ainda quero e vou aprender muitas coisas. Mas hj, posso afirmar q não é fácil me derrubar. Aprendí a me levantar cada vez mais forte e essa força se chama Deus. Com Ele tenho fé, auto – estima, coragem pra lutar pelo q quero e muito amor no coração.

 


Um brinde aos meus 30 anos muito bem vividos. Um brinde a todas nós Balzaquianas…. E vc q ainda tem receio ou medo dessa idade tão temida, esqueça. Se olhe no espelho e diga: “Sou Balzaquiana sim, e daí” e seja muito feliz =)

“A MULHER DE 30 ANOS!” Por Honoré de Balzac

Publicado junho 28, 2011 por Elzira Carneiro

Mais uma pesquisa bem sucedida na net…. Achei esse texto super interessante e moderno, apesar da época em q foi escrito. Honoré de Balzac conhecia a mulher muito bem…. E viva as Balzaquianas =)

A MULHER DE 30 ANOS!

Honoré de Balzac

 

“Tome a mesma moça aos 20 e aos 30 anos. No segundo momento ela será umas sete ou oito vezes mais interessante, sedutora e irresistível do que no primeiro.

Ela perde o frescor juvenil, é verdade. Mas também o ar inseguro de quem ainda não sabe direito o que quer da vida, de si mesma e de um homem. Não sustenta mais aquele ar ingênuo, uma característica sexy da mulher de 20. Só que isso é compensado por outros atributos encantadores que reveste a mulher de 30.
Como se conhece melhor, ela é muito mais autêntica, centrada, certeira no trato consigo mesma e com seu homem. Aos 30, a mulher tem uma relação mais saudável com o próprio corpo e orgulho da sua vagina, das suas carnes sinuosas, do seu cheiro cítrico. Não briga mais com nada disso. Na verdade, ela quer brigar o menos possível. Está interessada em absorver do mundo o que lhe parecer justo e útil, ignorando o que for feio e baixo – astral. Quer é ser feliz. Se o seu homem não gosta dela do jeito que é, que vá procurar outra. Ela só quer quem a mereça.

Aos 30 anos, a mulher sabe se vestir. Domina a arte de valorizar os pontos fortes e disfarçar o que não interessa mostrar. Sabe escolher sapatos e acessórios, tecidos e decotes, maquiagem e corte de cabelo. Gasta mais porque tem mais dinheiro. Mas, sobretudo, gasta melhor. E tem gestos mais delicados e elegantes.

Aos 30, ela carrega um olhar muito mais matador quando interessa matar. E finge indiferença com muito mais competência quando interessa repelir. Ela não é mais bobinha. Não que fique menos inconstante. Mulher que é mulher,se pudesse, não vestiria duas vezes a mesma roupa nem acordaria dois dias seguidos com o mesmo humor. Mas aos 30 ela já sabe lidar melhor com esse aspecto peculiar da sua condição feminina. E poupa (exceto quando não quer) o seu homem desses altos e baixos hormonais que aos 20 a atingiam e quem mais estivesse por perto, irremediavelmente.

Aos 20, a mulher tem espinhas. Aos 30, tem pintas, encantadoras trilhas de pintas, que só sabem mesmo onde terminam uns poucos e sortudos escolhidos.

Sim, aos 20 a mulher é escolhida. Aos 30 é ela quem escolhe. E não veste mais calcinhas que não lhe favorecem. Só usa lingeries com altíssimo poder de fogo. Também aprende a se perfumar na dose certa, com a fragrância exata.

A mulher de 30, mais do que aos 20, cheira bem, dá gosto de olhar, captura os sentidos, provoca fome. Aos 30, ela é mais natural, sábia e serena. Menos ansiosa, menos estabanada. Até seus dentes parecem mais claros; seus lábios, mais reluzentes; sua saliva, mais potável. E o brilho da pele não é a oleosidade dos 20 anos, mas pura luminosidade.

Aos 20 ela rói as unhas. Aos 30, constrói para si mãos plásticas e perfeitas. Ainda desenvolve um toque ao mesmo tempo firme e suave. Ocorre algo parecido com os pés, que atingem uma exatidão estética insuperável. Acontece alguma coisa também com os cílios, o desenho das sobrancelhas, o jeito de olhar. Fica tudo mais glamouroso, mais sexualmente arguto.

Aos 30, quando ousa, no que quer que seja, a mulher costuma acertar em cheio. No jogo com os homens já aprendeu a atuar no contra – ataque. Quando dá o bote é para liquidar a fatura. Ela sabe dominar seu parceiro sem que ele se sinta dominado. Mostra a sua força na hora certa e de forma sutil.
Não para exibir poder, mas para resolver tudo ao seu favor antes de chegar ao ponto de precisar exibi-lo. Consegue o que pretende sem confrontos inúteis. Sabiamente, goza das prerrogativas da condição feminina sem engolir sapos supostamente decorrentes do fato de ser mulher.”

Minha filha do coração…15 anos !!!!Parabéns =)

Publicado junho 27, 2011 por Elzira Carneiro

Falar dessa mocinha é sempre emocionante pq a tenho como filha. Parece que foi ontem, em meio a correria dos preparativos para minha festa de 15 anos em 1996, minha tia com um barrigão lindo lutando contra o tempo com minha mãe. rsrs. E quando menos esperávamos, ela resolve nascer dias antes do meu baile. Uma bonequinha linda, branquinha e com o sorriso mais gostoso do Mundo chamada Maria Paulla.

Me apaixonei no primeiro instante em que a ví…. Ela foi o meu maior presente naquele ano. Um presente de Deus. E esse presente se tornou maior ainda quando me tornei Madrinha dessa Princesa….

Alguns anos se passaram e hoje minha boneca está fazendo 15 anos… Uma moça linda, responsável, inteligente, meiga e muito parecida com a sua Dinda aqui em vários aspectos…rsrs. Nos tornamos grandes amigas além de madrinha e afilhada e isso me traz muita alegria.

Dinda, sei o quanto é maravilhoso completar 15 anos. É uma fase de tantas decobertas, dúvidas, amores, amizades… Viva intensamente cada acontecimento, cada momento, sorria, chore, lute pelo que quer, ame, mas nunca perca essa essência que é só sua. Você é linda e amada por todos exatamente assim. Não mude para agradar ninguém. Você é o meu orgulho. A minha filha do coração. Te amo muito. Fico muito feliz por ter a sua confiança. Conte comigo sempre e jamais deixe de me procurar precisando ou não. Estarei sempre perto de você, mesmo que em pensamento.

 Espero que goste desta pequena homenagem feita pela sua Dinda. Fiz de coração. Amo você minha eterna Polica.

Feliz Aniversário, muita saúde, paz, amor e sucesso. Que Deus continue abençoando seus caminhos mais e mais. Desejo a você toda a felicidade do Mundo. Você merece tudo de melhor….

Com amor e carinho da sua Dinda

Elzira Carneiro

Chegando aos 30….

Publicado junho 27, 2011 por Elzira Carneiro

Sentindo um pouco o peso dos 30 anos chegando daqui a uma semana, resolví procurar textos q falem sobre essa idade tão temida por nós mulheres….achei coisas muito interessantes e até divertidas. Quem sabe esse “peso” não se torna prazer… Quero ter prazer em chegar aos 30…. =)

Pra começar aqui vai um texto de Arnaldo Jabor muito bacana sobre as Balzaquianas… leiam e deliciem -se =)

Isto é para as mulheres de 30 anos pra cima…

E para todas aquelas que estão entrando nos 30,
e para todas aquelas que estão com medo de entrar nos 30…
E para homens que têm medo de meninas com mais de 30!!!
“ A medida que envelheço, e convivo com outras,
valorizo mais as mulheres que estão acima dos 30.
Estas são algumas razões do porquê:
– Uma mulher de 30 nunca o acordará
no meio da noite para perguntar: “O que você está pensando?”
Ela não se importa com o que você está pensa,
mas se dispõe de coração se você tiver intenção de conversar.
– Se a mulher de 30 não quer assistir ao jogo, ela não fica
à sua volta resmungando.
Ela faz alguma coisa que queira fazer.
E, geralmente è alguma coisa bem mais interessante.
– Uma mulher de 30 se conhece o suficiente
para saber quem é, o que quer e quem quer.
Poucas mulheres de 30 se incomodam com
o que você pensa dela ou sobre o que ela esta fazendo.
– Mulheres dos 30 são honradas.
Elas raramente brigam aos gritos com
você durante a ópera ou no meio de um
restaurante caro. É claro, que se você merecer,
elas não hesitarão em atirar em você, mas só
se ainda sim elas acharem que poderão se
safar impunes.
– Uma mulher de 30 tem total confiança
em si para apresentar-te para suas melhores amigas.
Uma mulher mais nova com um homem tende a
ignorar mesmo sua melhor amiga porque ela
não confia no cara com outra mulher.
E falo por experiência própria. Não se fica
com quem não confia, vivendo e aprendendo né???
– Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem.
Você nunca precisa confessar seus pecados
para uma mulher de 30. Elas sempre sabem….
– Uma mulher com mais de 30 fica linda usando
batom vermelho. O mesmo não ocorre com
mulheres mais jovens.
– Mulheres mais velhas são diretas e honestas.
Elas te dirão na cara se você for um idiota,
se você estiver agindo como um!
– Você nunca precisa se preocupar onde se
encaixa na vida dela. Basta agir como homem,
e o resto deixe que ela faça;.
– Sim, nós admiramos as mulheres com mais
de 30 por um “sem” números de razões.
Infelizmente, isso não é recíproco.
Para cada mulher de mais de 30, estonteante,
inteligente, bem apanhada e sexy,
existe um careca, velho, pançudo em
calças amarelas bancando o bobo para
uma garçonete de 22 anos.
Senhoras, EU PEÇO DESCULPAS:
Para todos os homens que dizem,
“porque comprar uma vaca se você pode
beber o leite de traça?”, aqui está a novidade para vocês:
Hoje em dia 80% das mulheres são contra
o casamento, sabe por quê?
Porque as mulheres perceberam que
não vale a pena comprara um porco inteiro
só para ter uma lingüiça. Nada mais justo.”
Arnaldo Jabor